ABRAÇO completa seis meses com 767 atendimentos

O Programa ABRAÇO de proteção ao Idoso completou seis meses de funcionamento com 767 atendimentos, nesta quarta-feira (25). Foram 156 atendimentos por violência financeira, 135 por violência psicológica, 111 consultas jurídicas, 93 por negligência, 57 por abandono, 48 pedidos de institucionalização, 24 por autonegligência e 18 por agressão física.

Teresinha de Fátima Gomes entrou em contato com o programa, para pedir auxílio. Passando por dificuldades, pediu a institucionalização da mãe no Lar do Idoso de Balneário Camboriú. “O programa é muito bom pra gente que passa por necessidade financeira. Conseguimos através do Abraço, doação de fraldas para minha mãe. Então estamos conseguindo coisas positivas e as pessoas nos atendem muito bem”, disse Teresinha.

A equipe hoje, formada por uma advogada, assistentes sociais e uma psicóloga, é dirigida pela secretária da Pessoa Idosa, Christina Barichello e pelo coordenador Paulo César Senk Júnior. Paulo explica que o Abraço não é só emergencial, mas também preventivo. “Fazemos não só o socorro de saúde, mas prestamos atendimento preventivo, fazendo consultas jurídicas e trazendo eles para dentro da Secretaria, passando para as oficinas e convivendo com outras pessoas, afastando da depressão”, explicou o coordenador.

O ABRAÇO tem parcerias com órgãos de segurança e de saúde do município. “Como um dos exemplos de casos que podemos citar, ontem uma idosa teve um sangramento no ouvido, ao irmos até o local e fazermos a análise, entramos com ela no Ruth Cardoso e acompanhamos até o final. Nossa satisfação se dá até a pessoa estar completamente amparada”, comentou a secretária da Pessoa Idosa, Christina Barichello.

O ABRAÇO funciona 24h através do telefone, 3363-3020. De segunda a sexta-feira, a pessoa pode ir das 8h às 12h e das 13h às 19h, na sede da Secretaria da Pessoa Idosa, situada na Rua 1822 nº 614.