Primeiro cruzeiro da temporada movimentou Balneário Camboriú nesta terça-feira

Nas cerca de 10 horas em que esteve atracado em Balneário Camboriú, o navio Preziosa atraiu a atenção de moradores e movimentou o comércio nesta terça-feira (21). O MSC Preziosa abriu a temporada 2017/2018 de cruzeiros no município, trazendo para a cidade 4017 passageiros de 13 nacionalidades e 1283 tripulantes. Até 7 de abril de 2018, o Atracadouro Barra Sul receberá outras 19 escalas de transatlânticos.

“Foi o primeiro navio das 20 escalas programadas para esta temporada, que trarão mais de 90 mil turistas para a nossa cidade. São pessoas que irão levar o nome de Balneário Camboriú para outras cidades brasileiras e para o mundo”, falou o prefeito, Fabrício Oliveira.

Entre os passageiros, estavam as irmãs Márcia Rizzo, moradora de Paulínia (SP), e Marina Rizzo, de Riolândia (SP). Elas fizeram o cruzeiro em família, em seis pessoas no total. Nenhuma delas pisou pela primeira vez na cidade nesta terça-feira. Márcia esteve aqui há mais de 20 anos. Já Marina, há 12. O grupo passeou de Barco Pirata e foi à Praia de Laranjeiras. “Como a gente conhecia a cidade, já sabia que ia ser legal. Acho que a recepção que tive desta vez foi melhor. Está tudo bem moderno, a estrutura é boa, tive boa impressão”, contou Márcia, que é professora, na fila para embarcar para os barcos que levavam os passageiros até o cruzeiro. O MSC Preziosa, que veio de Santos (SP), retornou para o local de origem às 17h. “Acho que desta vez tinha mais opção de passeio que há 12 anos”, disse Marina.

Para a securitária Fátima França, de São Paulo (SP), Balneário Camboriú foi uma novidade.“Achei tudo maravilhoso, apesar do pouco tempo que fiquei aqui. Fiz um passeio de teleférico. No início, senti medo, mas não tinha como não ir, a vista era linda. Foi uma experiência maravilhosa. Achei a cidade limpa. Pretendo voltar em breve para ficar mais tempo”, comentou Fátima.

No período em que ficou no Atracadouro Barra Sul, o transatlântico atraiu a atenção dos moradores. O casal Airton Becker e Jeanine Becker esteve no Molhes da Barra Sul para ver a partida do Preziosa. Airton, auditor fiscal, é um apaixonado por navios. Mas a ida até o Molhes também teve um valor sentimental. Há dois anos, o casal fez um cruzeiro com o mesmo navio para Gênova, na Itália. “A chegada dos navios vai ser uma maravilha para Balneário Camboriú. Vai ser o pote de ouro para a cidade”, disse Airton, morador do município há 20 anos.

Os passageiros que desembarcaram em Balneário Camboriú vieram da Argentina, Austrália, Bolívia, China, Espanha, EUA, França, Itália, Japão, Portugal, Romênia e Ucrânia, além do Brasil. Eles foram recepcionados com apresentações artísticas e diferentes meios de transporte disponíveis para levá-los aos pontos e empreendimentos turísticos.

Balneário Camboriú foi incluída na rota de transatlânticos em 6 de abril deste ano, quando o MSC Preziosa fez uma manobra-teste, trazendo 3.808 passageiros, de 10 nacionalidades, e 1.280 tripulantes. A próxima temporada de transatlântico, de 2018/2019, promete ser também movimentada. Já foram pedidas pelos armadores 27 reservas de vagas.
 
Cruzeiro aumentou vendas no comércio

A vinda dos turistas do cruzeiro movimentou o comércio. Houve lanchonetes da Barra Sul que registraram 80% de aumento de vendas, em comparação com dias comuns. Lojas de lembrancinhas chegaram a duplicar as vendas.

Os vendedores ambulantes, em sua maioria responsáveis pela venda de itens de alimentação, se deslocaram de seus pontos usuais até a Barra Sul para aproveitar a movimentação dos visitantes. Gilberto Oliveira, vendedor de cangas e saídas de praia, deixou a Praia Central para buscar seus clientes no Atracadouro. Para ele, a mudança compensou: foram cerca de três mil peças vendidas.

Para garantir que os turistas também voltem à cidade, os comerciantes garantem que trataram os visitantes da melhor maneira e que foram tratados de forma recíproca. “Eles são sempre muito gentis, mas é claro que depende do atendimento que a gente dá pra eles”, afirma Sebastião Fidelis, conhecido como Seu Tião, vendedor de pipoca da região.
 

Fonte/Foto: Comunicação PMBC

22/11/17