Resgate Social realiza 26 abordagens na Operação Festas de Outubro nesta segunda e terça-feira

Após o feriado prolongado, o Resgate Social, departamento da Secretaria de Desenvolvimento e Inclusão Social, em parceria com a Guarda Armada de Balneário Camboriú, realizou entre a noite desta segunda-feira (16) e manhã desta terça-feira (17) 26 abordagens a pessoas em situação de rua ou em vulnerabilidade social. A ação faz parte da Operação “Festas de Outubro” iniciada no dia 03, com o objetivo de controlar o fluxo migratório dessas pessoas, ocasionado pelas festividades das cidades vizinhas a Balneário Camboriú.

Das 26 pessoas, 13 aceitaram abrigo na Casa de Passagem do Migrante, onde receberam alimentação, higiene e repouso. Seis pessoas requisitaram passagem para voltar aos seus municípios de origem e uma pessoa foi encaminhada para o tratamento de dependência química. As abordagens e os acolhimentos foram feitos nas Avenidas Atlântica e Brasil, intensificadas no Calçadão, Praça Almirante Tamandaré e Pontos de Milho e Churros.

De acordo com o diretor do Resgate Social, Eder Clemente, além de prestar auxílio e assistência, o trabalho como um todo busca dar novas oportunidades aos cidadãos que, independente do motivo, acabaram indo para as ruas. “Estas abordagens visam a identificação, assim como prestar auxílio as pessoas que estão nessas situações. Além da operação, vamos manter nosso trabalho de abordagens 24 horas por dia. A intenção é não deixar ninguém dormindo nas vias da cidade”, comentou. A Operação Festas de Outubro continuará regularmente até o dia 22 deste mês.

A princípio essas pessoas serão acolhidas na Casa de Passagem do Migrante, para encaminhamentos diversos, como passagem para retorno à cidade de origem para acolhimento familiar ou para uma Comunidade Terapêutica para tratamento. Qualquer denúncia poderá ser feita através do telefone 156, da central do Resgate de Social ou pelo celular (47) 9 8839-7075.