Lua cheia e ventos fazem a maré secar em Itajaí

O litoral catarinense registrou neste final de semana um fenômeno de super maré baixa. Por conta disso, praias de areia e lodos se formaram às margens do rio Itajaí-açu e também na baía Afonso Wippel, o Saco da Fazenda, em Itajaí.

No domingo, o pico da maré baixa foi às 13h19. Várias embarcações chegaram a encalhar no Saco da Fazenda. Um enorme veleiro de madeira, de dois mastros, ancorado no meio da baía, ficou adernado.

Segundo o climatologista Sergey Alex de Araújo, da Univali, o fenômeno aconteceu por conta de vários fatores. Entre eles a lua cheia e os ventos fortes que empurraram a maré para longe da costa. Por isso, a ressacona esperada não aconteceu domingo. Pelo contrário, a maré torrou de vez.

Hoje, segundo o climatologista, tem tudo pra dar sol. Mas na terça-feira volta a chover. De quarta a sábado tem variação de nebulosidade e alguma chuva isolada. A friacona esperada pra hoje não vem. As mínimas vão ficar entre 14 e 16 graus.